PRINCESA ALICE

DISNEY

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS – 1993

Essa, até a Disney concorda que deveria ser uma princesinha, veja a imágem…

 

 

 Alice, menina curiosa e cansada de seu mundo monótono, acaba caindo no maluco País das Maravilhas ao seguir o apressado Coelho Branco. Lá conhece personagens como os irmãos gêmeos Tweedle-Dee e Tweedle-Dum, o Gato Risonho, a Lagarta, toma chá com a Lebre Maluca e o Chapeleiro Louco e participa de um jogo de crocket com a Rainha de Copas.

  

 

Anúncios
Publicado em PRINCESAS | 1 Comentário

PRINCESA BETH

Falo da Beth Boop, outra diva da animação que deveria ganhar o título de princesa e uma boa repaginada, em fim, atualmente, atrizes virtuais não são de tudo desconhecidas, que o diga a nossa amada Barbie de quem, também falaremos mais adiante…

Paramount Pictures

Talkartoon e Betty Boop – 1930

Este slideshow necessita de JavaScript.

Betty Boop é uma personagem de desenho animado que apareceu nas séries de filmes Talkartoon e Betty Boop, produzidas por Max Fleischer e distribuídas pela Paramoun Pictures. Hoje, Betty é considerada uma das personagens dos desenhos animados mais conhecidos do mundo e considerada a rainha dos desenhos animados.

Betty tinha um jeito de garota independente e provocadora, sempre com as pernas de fora, exibindo uma cinta-liga. Foi em 1930 que a personagem imigrante judaica começou sua “carreira”, em Dizzy Dishes, espelhando-se nas divas desta década, ao som de muito jazz (Big Bands). Mas Betty Boop ficou famosa mesmo quando interpretou “Boop-Oop-a Doop-Girl”, de Helen Kane, e, enfim, entrou para a história, participando de mais de 100 animações.

Entretanto, após 1934, o novo Código de Produção impôs uma censura à personagem. Em nome da moralidade, Betty não poderia mais exibir seus decotes nem suas roupas insinuantes. Acredita-se que o comportamento progressivo da personagem era algo para o qual a população dos Estados Unidos da época não estava preparada. Afinal, eram tempos de Disney e seus característicos personagens infantis. Os irmãos Fleischer modificaram a imagem de Betty, vestindo-a até o pescoço. Contudo, mantiveram em evidência o contorno de seus seios sobressaindo das malhas colantes, o que a deixou mais sensual. Em 1939, Betty Boop foi proibida de aparecer nas telas pelo Comitê Moralizador após anos de perseguição. Mas só reapareceu em 1984 nas tiras junto com Gato Félix.

Com a sua enorme sensualidade, em seus shows nos pubs nova-iorquinos, não havia mulher que não invejasse seu sex appeal, ou homens que não a cortejassem ao fim da noite. Betty Boop era assim, jeitinho ingênuo e atitudes de uma loba. Betty foi um grande sucesso nas platéias de teatro, e apesar de ter decaído durante a Década de 1930, ela continua popular e politicamente correta atualmente pelo ar de sensualidade.

Publicado em PRINCESAS | Deixe um comentário

PRINCESA PENÉLOPE

bom, rsrssr, a penélope também não é uma princesa, mas, bem que poderia ser…

HANNA BARBERA

A CORRIDA MALUCA – 1968

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Penélope Charmosa é uma personagem de desenho animado da série Hanna Barbera. Essa loirinha é a herdeira de uma mega fortuna pertencente a família Charmosa. Ela ficou famosa por estar sempre vestida de rosa e usar botinhas brancas.

Nas histórias, está sempre viajando pelo mundo todo, fazendo o bem e representando sua família. Infelizmente, o seu consultor privado Silvestre Soluço (que ao contrário do que aparenta) tenta de qualquer jeito acabar com Penélope para que ele possa ficar com todo o dinheiro da família da Penélope e sair completamente ileso de uma enorme falcatrua. Usando o nome de “Tião Gavião” e ajudado pelos seus ajudantes “Irmãos Bacalhau”, cria todo tipo de armadilhas para capturar Penélope e assim livrar-se dela. Ele tenta se livrar dela de todos os jeitos, desde amarrar Penélope nos trilhos de uma montanha russa, em torpedos e até numa mina abandonada prestes a explodir.

Mas Penélope não está sozinha nessas aventuras todas, não, ela tem a ajuda da “Quadrilha da Morte”, formado por sete gangsters (mas simpáticos), que com auxílio do seu carro, o “Chugaboom”, salvam Penélope das mãos do malvado Tião Gavião e seus capangas.
Antes de ter a sua própria série animada “Os apuros de Penélope Charmosa”, ela e os seus amigos da Quadrilha da Morte, participaram na série animada Corrida Maluca, onde também figuravam os grandes vilões Dick Vigarista e Muttley, entre muitos outros personagens.

Curiosidades:
Na corrida maluca Penélope teve 4 vitórias, 11 pódios, e ficou em sexto lugar com 63 pontos no campeonato.

No carro da Penélope Charmosa tinha: um secador de cabelo, spray de perfume e pó de arroz.

Publicado em PRINCESAS | Deixe um comentário

PRINCESA JESSICA

Bom, meus caros amigos, como já sabemos, as princesas tradicionais Disney acabaram, já relembramos e falamos de todas, entretanto, me lembrei de uma diva dos desenhos anibados, que bem poderia ser uma princesa, A princesa ruiva, ou a princesa de fogo, falo de Jessyca rabbit, acho que a segunda musa ruiva dos desenhosa nimados, isso mesmo, a noiva de Roger Rabbit, de:

DISNEY

Uma silada para Roger Rabbit  – 1988

Em 1947, Los Angeles, Califórnia, os personagens de desenho animado (chamados simplesmente de “Desenhos”) são uma espécie de criaturas sapientes que co-existem naturalmente com os seres humanos, e vivem em uma seção da cidade conhecida como “Desenholândia”. Roger Rabbit é a estrela dos curta-metragens de animação produzidos pelo estúdio Maroon Desenhos, mas ele está tendo problemas em seguir os comandos do diretor, atrasando a produção. Estão sendo espalhados rumores de que Jessica Rabbit, a esposa de Roger, possui um cafetão e R.K. Maroon, o dono da Maroon Desenhos, contrata o detetive particular Eddie Valiant para investigar a situação. Eddie, cujo irmão Teddy foi morto por um Desenho há 5 anos atrás, relutantemente aceita o trabalho. Ele descobre que a atraente Jessica “traiu” Roger por, literalmente, brincar de “pirulito que bate-bate” com Marvin Acme, o dono da Corporação ACME e da Desenholândia. Eddie revela provas fotográficas para Roger Rabbit, que afunda em depressão. Marvin Acme é encontrado morto no dia seguinte e Roger torna-se o principal suspeito do assassinato.

Na cena do crime, Eddie conhece o Juiz Doom da Corte Superior Distrital de Desenholândia e sua Patrulha Desenho, composta por doninhas. Doom está ansioso para usar “O Caldo”, uma mistura de produtos químicos capaz de dissolver qualquer Desenho em contato, em Roger Rabbit, assim que ele for encontrado. Ao voltar para seu escritório, Eddie encontra Baby Herman, o coadjuvante de Roger nos curta-metragens da Maroon Desenhos, que jura que Roger é inocente e que o testamento de Marvin Acme, o qual teria deixado a Desenholândia para os Desenhos, desapareceu, sendo que se o testamento não for encontrado até a meia-noite, a Desenholândia poderia ser vendida em um leilão público. Roger aparece no escritório de Eddie e alega sua inocência. Eddie então começa a investigar o caso mais profundamente, juntamente com sua ex-namorada Dolores e com Benny, um táxi antropomórfico que também é um Desenho, enquanto tenta ao mesmo tempo manter Roger escondido das doninhas. Valiant descobre que Jessica foi forçada por Maroon a se relacionar com Acme, senão ele arruinaria a carreira de Roger. No estúdio Maroon Desenhos, Maroon confessa que foi forçado por uma outra pessoa a fazer esta chantagem, mas antes que pudesse revelar a Eddie quem foi, ele é mortalmente baleado por um atirador desconhecido.

Eddie vê Jessica fugindo do estúdio e, superando o seu medo, ele a segue até dentro da Desenholândia. Ele recupera a arma que matou Maroon, a qual Jessica alega que foi na verdade utilizada pelo Juiz Doom. Ao tentarem denunciar Doom às autoridades, Eddie, Jessica e Roger são capturados pela Patrulha Desenho e levados para o armazém da ACME. Doom revela seus planos: como o único acionista das Indústrias Cloverleaf, ele pretende comprar a Desenholândia, a Companhia ACME e a Maroon Desenhos, e depois acabar com todos eles para poder construir uma auto-estrada em Los Angeles. Para destruir a Desenholândia, Doom construiu um enorme veículo, capaz de expelir jatos de Caldo por um canhão hidráulico pressurizado, com o qual ele planeja pulverizar todo o distrito, eliminando todos os Desenhos. Enquanto Roger e Jessica lutam para evitarem serem atingidos pelo jato de Caldo, Eddie consegue se libertar e faz com que as doninhas da Patrulha Desenho morram de hilaridade fatal através de várias atitudes cômicas, deixando o veículo expelidor de Caldo funcionando automaticamente.

Eddie e Doom começam a brigar, utilizando produtos encontrados aleatoriamente no interior da fábrica, até que Eddie consegue esmagar Doom com um rolo compressor. O rolo não mata Doom; naquele momento, Doom revela-se ser um Desenho, o mesmo que matou o irmão de Eddie. Eddie consegue abrir a válvula de drenagem do veículo expelidor de Caldo, banhando Doom com um forte jato da mistura e dissolvendo-o instantaneamente. Enquanto Eddie liberta Roger e Jessica, o veículo continua andando automaticamente, até que se choca contra a parede da fábrica, atravessando a fronteira entre a fábrica ACME e a Desenholândia, e sendo imediatamente esmagado por um trem. Enquanto vários Desenhos entram no armazém para ver o que aconteceu, Eddie descobre que o testamento de Marvin Acme foi escrito com tinta que desaparece/reaparece em um pedaço de papel aparentemente em branco que Acme havia dado à Jessica e onde Roger posteriormente escreveu um poema de amor para sua esposa. Com o testamento em mãos, os Desenhos comemoram a posse da Desenholândia e cantam a música “Smile, Darn Ya, Smile”, enquanto Roger e Jessica, assim como Eddie e Dolores, revitalizam seus relacionamentos amorosos.

jessica_rabbit_by_mainasha.jpg image by laizzy

Na minha imaginação, a história da princesa Jéssica seria mais ou menos assim…

UMA PRINCESA FORA DO TEMPO

POR: ALÉSSYA ULIANS

EM: 05/11/2010

            Era uma vez, no reino distante de Azmir, um rei e uma rainha que viviam muito felizes com seu filho, o pequeno príncipe Roger, até que apareceu por lá, um bruxo perverso, que se denominava Lorde Dumall. Lorde Dumall, queria se tornar rei, então, fez um encanto sobre a família real, fez com que o rei e o príncipe desaparecessem e dominou a mente da rainha Azirah para poder se casar com ela e assim, se tornar rei, Todos os homens que tentaram resgatar a rainha e salvar o reino também sumiram misteriosamente. Em outro reino, não tão distante, conhecido como reino de Azra, a rainha Nizia acabava de dar a luz a uma menina, a princesa Jessica, você sabe, que todo príncipe ou princesa tem uma fada madrinha não é, e que quando nascem suas fadas lhes dão uma dádiva, então a fada madrinha de Jéssica apareceu e disse exatamente assim:

 _ Quando o poder do mal é invocado, o poder do bem, nasce em alguém

 O rei Neidder, pai de Jéssica, disse:

 _ Mas que tipo de dádiva é essa, onde foi parar a beleza, a alegria, a…

 Ele ia continuar, mas foi interrompido pela fada:

 _ Não se preocupe bondoso rei, Jessica será linda e terá uma magnífica voz, mas esse não será seu maior talento Jéssica tem uma missão muito importante a cumprir.

 Dizendo isso, a fada simplesmente desapareceu no ar

 O tempo foi pensando e Jessica cresceu, era linda realmente e tinha um voz perfeita, entretanto seu comportamento não agradava aos pais, ao contrário de todas as outras princesas, Jéssica era rebelde, rasgava todos os vestidos para poder cavalgar mais confortavelmente, não usava selas nos cavalos, não pensava em príncipes muito menos em casamento, não cumpria as tarefas reais e passava todo seu tempo na floresta, fazia coisas absurdas, como subir em árvores, pular nas cachoeiras, era quase uma selvagem,  e adorava animais, aprendeu a usar uma espada, e o fazia com uma habilidade invejável. Em um desses seus passeios Jéssica se depara com o rei Dumall, que ficou completamente encantado por ela. Jessica dançava pela mata cantando; uma visão no mínimo inusitada para qualquer um. Dumall nem de longe poderia imaginar que se tratava de uma princesa, pois ela usava um vestido vermelho rasgado na lateral, muito incomum, sem sapatos e, com os cabelos soltos e rebeldes, e ela nem fazia questão de se apresentar como princesa, apenas Jéssica, disse, ele tentou usar seus poderes para controlar a mente da menina, que julgando por sua aparência lhe parecera ser apenas uma camponesa, mas, o encanto não funcionou, Dumall ficou muito intrigado, não sabia o porquê de isso acontecer. Sem poder usar seus poderes, só lhe restou tentar conquistar a garota, então convidou a jovem para ir conhecer seu castelo, dizendo que lá havia um jardim, e esse jardim era repleto de coelhos e de diversos tipos, a princesa ficou muito curiosa e foi até o castelo, quando chegou ao jardim, ficou encantada, lá havia centenas de coelhos, de várias cores, tamanhos e formatos, uns com orelhas grandes, outros com o fusinho curtinho, ela se sentiu em um paraíso, em fim o jardim eram mesmo fabuloso, mas Jessica se encantou ainda mais com um belo coelho branco de olhos azuis, que tinha uma mancha avermelhada em forma de coração no pescoço. Jessica pediu o coelho a Dumall, mas ele recusou:

 _ sinto muito minha cara, mas esses coelhos não podem sair daqui, eles pertencem ao jardim, e fazem parte dele, mas você poderá vir, quando quiser.

  Jéssica assim o fez, ia todos os dias, e passava horas no jardim cantando e dançando, com o passar dos dias foi conquistando os criados e os soldados e até os coelhos, começou então a ter passe livre pelo castelo pois, apesar de muito agitada, era uma menina adorável, e sua presença, trazia de volta a  alegria perdida. Um dia, a princesa se encontrou com a rainha nos corredores do castelo e as duas começam a conversar, Jéssica percebeu a tristeza no olhar da jovem senhora lhe perguntou o porquê de tanta amargura, a rainha então, tomada pela doçura da menina conseguiu por instantes, bloquear o poder de Dumall e contar tudo para Jéssica, a menina assustada pensou em se afastar Dalí e nunca mais voltar, porém algo a impediu, ela sabia que poderia ajudar, de súbito, levou a rainha até o jardim, tentando lhe trazer um pouco de alegria, ela disse:

 _ Dumall não deve ser tão ruim, ele criou esse jardim, veja quanta Riqueza!

  A rainha nunca havia estado lá antes, era proibida de sair do castelo, e principalmente, de se aproximar do jardim, aliás, ninguém até então tinha tido permissão de Dumall, para ir ao jardim. A rainha se alegrou por demais ao ver tanta beleza, mas logo deu de cara com um coelho robusto que tinha um topete em forma de coroa na cabeça ela não teve dúvida era o rei seu esposo, então caiu em prantos, e contou a Jéssica suas suspeitas, logo em seguida, ela avistou o favorito de Jéssica e de repente a ela o pegou nos braços e o afagou carinhosamente, reconhecendo nele, a marca de nascença de seu filho, um coração avermelhado no pescoço, elas não tinha mais dúvidas, Dumall, havia transformado todos os seus inimigos em coelho, pois, reparando mais atentamente, a rainha pode ver semelhanças nos demais coelhos, todos os homens do reino que tentaram ajudá-la foram transformados em coelhos, o jardim, era o troféu de Dumall, lá ele jogava todos os heróis derrotados, a princesa precisava fazer algo, mas não sabia o que, disse a rainha para ter paciência, que Dumall tinha interesses por ela e que ela usaria isso para descobrir sua fraqueza,

 _ todo grande poder, provem uma grande fraqueza, hei de descobrir, garanto, preciso só de tempo.  Disse a princesa

 A rainha então, aliviada concordou, parecia já não estar tão enfeitiçada, mas,  na verdade, o rei Dumall, por causa de Jéssica andava meio desatento

 Corajosamente, Jéssica começou a fingir estar caindo nos encantos de Dumall, assim, conseguiu mais acesso ao palácio e passava mais tempo em sua companhia. Quando Dumall lhe pediu em casamento, ela foi obrigada a recusar, por ele já ser casado, Dumal então, enfurecido, segurou o colar, foi aí que a menina percebeu, que todo o poder de Dumall, vinha do colar, que ele nunca tirava do pescoço, a menina então se arriscou e com muita agilidade, tomou de Dumall a espada e com ela removeu o amuleto, do pescoço do bruxo e se jogou ao chão para pega-lo, imediatamente começou a correr pela floresta, carregando o amuleto nas mãos enquanto Dumall a perseguia com seus homens inutilmente. Jéssica precisava aprender a usar o poder do amuleto para desfazer todo o feitiço, antes que Dumall e seus homens a encontrassem. Jessica se escondeu na floresta, não podia voltar para seu reino, para não por sua família em perigo, ainda bem que todos lá já estavam acostumados com os sumiços da moça. Durante a noite, foi sorrateiramente até o castelo de Dumall, e chegou até os aposentos da rainha, lhe contou tudo, juntas começaram a tentar descobrir como o amuleto funcionava, mas não conseguiram, ao voltar para a floresta, Jéssica deu uma passada no jardim, e percebeu que o amuleto brilhou mais intensamente lá, principalmente perto de um coelho, então, ela lembrou que a túnica do rei, era feita de pelo de coelhos, ela pegou o príncipe Roger, e esfregou o amuleto nele, pedindo que o encanto fosse quebrado, nesse momento, o coelho foi envolvido por uma névoa cintilante e a transformação ocorreu, o príncipe voltou a sua forma, porem, não era mais uma criança e sim um jovem e belo rapaz, o príncipe então envolveu Jéssica em seus braços e a beijou, a princesa até que gostou, mas se assustou e o empurrou para longe, ele então pediu disculpas e disse:

 _ há muito tempo sonho com esse momento, não pude me controlar, me apaixonei por você desde o primeiro dia em que veio aqui no jardim, mas nada podia lhe dizer.

 Jessica abaixou a cabeça tentando esconder a face levemente ruborizada.  Juntos, Jéssica e Roger quebraram o encanto dos outros coelhos um a um e o exército do Príncipe Roger renasceu, e o rei estava de volta, todos adentraram no castelo e começaram a lutar contra alguns homens de Dumall e o derrotaram, retomando assim o controle do castelo. Depois de verem lorde Dumal preso, Jéssica disse que o amuleto era muito perigoso e precisava ser destruído, então o jogou no chão, mas o amuleto não se quebrou, ao invés disso, ele se abriu e nesse momento, de dentro dele, saiu uma fada, e ao mesmo tempo em que a fada retomava a sua forma, lorde Dumall virava um coelho, negro de olhos vermelhos, ela então explica que Dumall sempre fora um coelho, que, insatisfeito com sua forma, lhe roubara o amuleto em um momento de distração a aprisionara nele para poder usar seus poderes, ela era uma fada dos animais, e seu amuleto carregava a magia para lidar com os animais e que a energia provinha dos próprios animais, no caso, como Dumall era apenas um coelho, o poder do amuleto estava limitado e a força dele provinha apenas do pelo de coelhos. Então a fada ergueu a mão e o amuleto levitou do chão até ela, ela o colocou no pescoço, agradeceu a princesa e disse:

_  tenho uma dívida eterna com você, princesa Jéssica, sempre que precisar, basta cantar no jardim e eu virei

Dizendo isso, a fada dos animais desapareceu no ar.

Bom, vocês já sabem o fim dessa história, a princesa Jéssica e o príncipe Roger se casaram, isso é óbvio, e foram felizes para sempre, claro, mas antes, tiraram um tempo para se conhecerem melhor e namorar muito, então, viverem muitas aventuras, juntos, pelas matas do seu reino e de muitos outros reinos vizinhos, caçando dragões, enfrentando serpentes de fogo, descobrindo reinos perdidos, eles foram condecorados no reino das fadas e até viajaram no tempo, Jéssica foi a primeira princesa da história dos contos de fadas a tatuar seu amor pelo príncipe no próprio corpo, já imaginaram o reboliço que ela causou, mas tudo isso, faz parte de outras histórias que, se Deus permitir, irei contar para você aqui no meu blog

Ah! Quanto ao Lord Dumall, ficou vivendo nos jardins do castelo, como coelho, para sempre, e bem longe das fadas.

Publicado em PRINCESAS | Deixe um comentário

PRINCESA LILO

continuando…

DISNEY

LILO E STITCH – 2002

Muito bem, a Lilo, não é uma princesa, entretanto, eu a chamo de princesinha do Havaí, ela ainda vai crescer, e nada impede que se torne uma princesa no futuro, você pode até não concordar comigo mas acho que o Stitch pode sofrer uma metamorfose e se transformar em um príncipe, no mundo da animação, nada é impossível, mas numa coisa nós concordamos, esse filme é ótimo…

ImageShack, share photos, pictures, free image hosting, free video hosting, image hosting, video hosting, photo image hosting site, video hosting site

LiloeStitch.png image by vipbeautifly

A Lilo é uma pequena garota havaiana orfã de 5 anos que adora cuidar de animais menos favorecidos e vive com sua irmã Nani. Lilo tem o costume de coletar lixo reciclável nas praias para, com o dinheiro recebido, comprar comida para peixes e nadar até o alto-mar para alimentá-los. Até que, num belo dia, ela encontra um cachorro e decide adotá-lo. e lhe dá o nome de Stitche, Entretanto, este cachorro na verdade é  um ser alienígena, uma experiência ilegal , a esperiência 626 criado com o único e maléfico objetivo de destruir, sendo descoberto. Stitch foi preso em um planeta distante pela polícia interplanetária, mas ao ser encaminhado para um planeta-prisão consegue escapar, caindo acidentalmente na Terra, e vai parar em um abrigo de animais, onde é adotado por Lilo e, para escapar da polícia que ainda o persegue, Stitch esconde quatro de suas seis pernas e decide se fazer passar por um cachorro comum, desenvolvendo com o tempo um laço de amor e de amizade com Lilo e aprendendo com ela a controlar seus impulsos destrutivos, nessa aventura Stitch vai conhecer o verdadeiro significado de OHANA.

A Lilo e o Stitch ganharam uma série em 2003 que foi até 2006 feita para a tv e uma sequência:

 Stitch o filme – 2003

Lilo e Stitch devem resgatar Jumba, que foi seqüestrado por Gantu e o terrível Dr. Hamsterviel. O objetivo de Hamsterviel em raptar Jumba é interroga-lo e descobrir onde estão as outras 625 experiências mutantes que Jumba criou. Durante a aventura, Lilo e Stitch ativam a experiência nº 221 que é um raio vivo, foi projetada para absorver e controlar eletricidade. Também é ativada a experiência 625, que tem os mesmos poderes que Stitch, mas que é preguiçosa, covarde e sabe apenas fazer sanduíches.

Dr. Hamisterviel contrata Gantu, para capturar as outras 625 experiências criadas por Jumba. Enquanto isso, na Terra, Lilo tenta fazer Stitch se tornar parte da comunidade havaiana, porém, em vez disso, Stitch causa uma grande confusão. Em casa, Nani e David saem para jantarem fora, e deixam Pleakley para tomar conta de Lilo e de Stich. Então Gantu aterrissa na casa da Lilo para capturar as experiências. Jumba tranca Pleakley numa mala junto com as experiências, então Gantu sequestra Jumba (pois ele não queria dizer a localização das experiências) e a experiência 625 (já que ela caiu da máquina de guardar experiências do Jumba). Stitch e Lilo vão até a nave de Jumba e Pleakley e decolam para o espaço para resgatar Jumba, mas falham e Gantu consegue escapar com Jumba.

 

Lilo e Stitch fazem tanto sucesso que ganham outra sequência…

Lilo & Stitch 2: Stitch deu defeito– 2005

A história de Lilo & Stitch continua no filme da Disney Lilo & Stitch 2: Stitch deu defeito. Se passa depois de Lilo e Stitch e antes de Stitch! O Filme. O filme fala sobre a importância de manter a família e amigos sempre por perto, mesmo quando eles sejam de mundos completamente diferentes. Antes que as 625 experiências chegassem ao Havaí, Stitch vivia muito bem, ajudando Lilo a seguir os passos de sua mãe e se preparar para o grande concurso de hula que aconteceria na ilha. Tudo parecia perfeito, mas quando Stitch tem um ataque, vira a vida de todos de cabeça pro ar. Agora, será preciso que Lilo, Nani, Jumba e toda a “ohana”, ou seja, família se junte para salvar seu amiguinho.

No filme, Jumba revela que Stitch não foi criado exatamente como as outras experiências. Que ele precisa ser recarregado. Mas o Stitch não imagina isso e acha que sua programação destrutiva está se revelando novamente. Assim, num ato de salvar sua Ohana, ele parte num cruzador espacial.

 

E outro filme em seguida

Leroy & Stitch – 2006

Após capturar todas as 625 experiências de Jumba, Lilo, Stitch, Jumba e Pleakley foram recompensados pela Aliança Galáctica: Jumba ganhou a chave confiscada de seu laboratório, Pleakley ganhou emprego como professor supervisor da E.T.A.G. (Escola Técnica da Aliança Galáctica), Stitch foi nomeado capitão da Armada Galáctica e da G.N.V.9000 (Grande Nave Vermelha) e Lilo foi nomeada guardiã oficial das 625 experiências restantes na Terra.

Porém, o malvado Dr. Hamsterviel foge da prisão com a ajuda do Gantu e obriga Jumba a criar uma nova experiência com os mesmos poderes do 626 (Stitch), porém mais malvado e poderoso, e menos “fofinho”, então, dá a ele o nome de Leroy, e, como se um Leroy já não bastasse, Hamsterviel decide cloná-lo, criando um exército inteiro de Leroys para dominar a galáxia.

Por isso, Lilo, Stitch, Jumba e Pleakley terão que reunir todas as 625 experiências para poderem lutar contra aquele exército de Leroys e derrotar Hamsterviel.

No fim,Lilo,Stitch e Reuben e outras esperiências cantam uma música do Elvis.

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário

PRINCESA NATALIA

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bom, todo esse meu interesse pelas princesas, se deve a minha sobrinha Natalia, ela adora as princesas, assim, fui obrigada a me atualizar, na verdade, voltar a infância, resgatar as minhas memórias e isso me fez muito bem, pensava estar sendo contaminada pela magia dos contos de fadas, mas, na verdade, estava sendo salva do mundo real, recuperando esse lado criança, que ninguém deveria deixar morrer, nesta minha busca pela net, encontrei muita coisa maravilhosa, que pude dividir com vocês, mas, também ví, que tudo depende do olhar e da pureza de um coração, pois até mesmo o mais maravilhoso dos contos de fadas, pode se tornar sombrio, macabro, maldoso e feio, nas mãos das pessoas erradas, isso me surpreendeu, é difícil imaginar, que uma pessoa saudável, possa ver com outros olhos, o que foi feito para as crianças…

Agora, uma pequena brincadeira…

Depois de todas as dicas, conseguem me dizer quem são as meninas acima?

Bom, a minha princesinha Natália, ganhou um conto de fadas só para ela, estou escrevendo, assim que ficar pronto, vou postar aqui para vocês, tenham um pouquinho de paciência…

Publicado em PRINCESAS | 23 Comentários

PRINCESA RAPUNZEL

DISNEY

ENROLADOS – 2011

A Disney, novamente surpreende, resgatando e atualizando, outra obra prima dos contos de fadas…

         

                   

 

 

Tudo começa quando o bandido  mais procurado do reino, se esconde na torre da Rapunzel, ele então passar a ser refém da princesa, que como todos já sabem se encontra  presa na torre. A partir desse momento, Rapunzel começa a procurar o passaporte para se libertar deste lugar no qual se encontra há 18 anos, e decide fazer um trato com o ladrão. E assim começa a aventura.

Publicado em Não categorizado | Deixe um comentário